Categorias

O que define a jornada de compra do shopper?

jornada do shopper

O que define a jornada de compra do shopper?

O termo “jornada de compra” não é incomum entre profissionais de marketing e gestores de empresas e, certamente, você já deve ter deparado com ele em alguma pesquisa.

Na verdade, seu conceito é um dos parâmetros mais utilizados no desenvolvimento de estratégias e campanhas publicitárias de produtos ou serviços, já que ele visa diagnosticar cada etapa do comportamento de consumo do cliente.

Afinal, você sabe o que é a jornada de compra do shopper ou comprador? Não? Então continue a leitura do artigo para entender como funciona esse processo, que conduz o cliente desde a etapa de atração até o momento de decisão de uma compra. Confira!

O que define a jornada de compra do shopper?

A jornada de compra do shopper é, basicamente, todo o percurso que o cliente potencial faz desde a identificação de uma necessidade, passando pela percepção da solução em um determinado produto, até o ato da compra.

Quais são as etapas da jornada de compra do shopper?

Conhecimento

Nesta etapa o cliente ainda não se dirigiu à sua loja, entretanto, ele tem uma necessidade que pode ser suprida com seu produto.

Portanto, você deve considerar estratégias de comunicação que atraiam a atenção do shopper para seu produto e utilização de recursos que identificam quais são as necessidades dos clientes, como as mídias digitais, por exemplo.

Atração

Como o próprio nome já diz, é a etapa em que as ações são direcionadas para atrair o cliente para dentro de sua loja e, consequentemente, o façam solucionar sua necessidade por meio de seu produto.

Um aspecto importante que deve ser considerado é a variedade de produtos na vitrine e disponibilidade de produtos em estoque, ou seja, o shopper deve encontrar o que procura.

Engajamento

A experiência de consumo não envolve apenas a aquisição do produto, mas todo o processo, desde o momento que o cliente adentra sua loja até o pós-venda. A ideia é fidelizá-lo para que ele considere comprar em seu estabelecimento novamente.

Para isso, é importante realizar uma conexão com o shopper por meio de suporte à compra, soluções, bom atendimento e até mesmo teste de produtos. Para estabelecer um bom ponto de venda, considere aspectos de:

  • áudio: música ambiente em altura agradável e de preferência que agrade o gosto de seu público-alvo;
  • visual: não somente a decoração da loja, mas sua iluminação e temática podem fazer o cliente querer retornar;
  • olfativo: acredite ou não, mas algumas lojas apostam em conquistar seus clientes por meio do olfato. Você já deve ter notado que alguns estabelecimentos têm um cheiro característico e a eficiência desta estratégia tem embasamento científico.

Persuasão

A etapa que precede a consumação da compra, certamente, é o momento em que você auxilia o cliente potencial e o converte em shopper. É importante que você esteja antecipado às suas dúvidas para respondê-las com agilidade e honestidade.

Para isso, questione-se a respeito de alguns aspectos:

  • qual é o meu público-alvo?;
  • como ele se comporta?;
  • em qual contexto meu produto se enquadra em sua vida?;
  • o que é preciso para ele decidir se tornar um shopper?.

Estas perguntas podem lhe orientar na tomada de decisões e na exposição de seus produtos no ponto de venda.

Compra

Finalmente chegamos na etapa conclusiva! Aqui o cliente potencial converteu-se em shopper ao adquirir seu produto. Isso significa que todo o processo foi realizado com eficiência.

Como acompanhar a jornada de Trade Marketing?

O conceito de trade marketing consiste em uma importante ramificação do marketing das empresas que visam otimizar suas vendas e valorizar seus produtos nos pontos de venda.

Basicamente, o trade marketing faz uma análise do comportamento e dos hábitos de consumo do público-alvo com o intuito de melhorar as estratégias e aumentar as vendas.

A tecnologia pode se aliar a promotores engajados e melhorar o processo de acompanhamento das etapas da jornada de compra. Isso pode acontecer por meio de mídias sociais e outros canais de atendimento.

Tem alguma dúvida sobre como a tecnologia pode auxiliar no acompanhamento da jornada de compra do shopper ou de trade marketing? Então, conta pra gente nos comentários.